• A Escola Marielle - Mulheres Negras Radicalizando a Democracia é o primeiro módulo desse espaço de troca de experiências e partilha de saberes, voltado para jovens negras e periféricas, cis e trans, entre 17 e 29 anos, de todos os estados do Brasil. Confira a lista das participantes!

  • A Escola Marielle é um espaço de encontro, troca e partilha de saberes e experiências para o fortalecimento de meninas e mulheres negras, pessoas LGBTQIA+ e periféricas, que atuem ou queiram atuar em movimentos e coletivos, para juntas construirmos uma sociedade mais justa e plural!
     
    Este módulo será totalmente online, irá abordar sobre representação política de mulheres negras e a sua contribuição para o processo democrático e será voltada para jovens negras e periféricas, cis e trans, entre 17 e 29 anos, de todos os estados do Brasil.
     
    Queremos apoiar e contribuir para impulsionar futuras lideranças a coletivamente construir uma sociedade mais justa e plural!
     
  • Lista das participantes

    Esse módulo é destinado à jovens negras periféricas, entre 17 e 29 anos. Tivemos mais de 400 inscrições para esta Escola Marielle, foi um processo de seleção cuidadoso e feito com muita atenção. Como tínhamos vagas reduzidas, foram considerados critérios de gênero, raça, faixa etária, território periférico, disponibilidade para comparecimento em todas as aulas, engajamento e as respostas elaboradas no formulário.

     

    Teremos outros módulos futuramente. Caso você não tenha sido chamada para esse, se inscreva aqui e receba informações das próximas turmas da Escolas Marielle.

    Confira a lista das participantes desse módulo:

    Alexia Eloar Félix Cavalcante

    Aline de Jesus Peixinho

    Aline Nascimento do Livramento

    Ana Carollyne Lopes de Oliveira

    Ana karla da costa de Alcântara

    Augusta Maria Carneiro Souza

    Brenda sabrina moraes da silva

    Bruna Carolina de Andrade

    Caroline da costa dos santos nogueira

    Colle Christine Avelar Rodrigues

    Debora Dias dos Santos

    Deyse Luana Barbosa da Silva

    Evelyn Cristina da Silva Nascimento

    Fernanda Jardim Barreto Costa

    Flávia Maria Rodrigues Dias

    Franciele Falcão Melo da Conceição

    Gabriele dos Santos Silva

    Glória Leite de Souza

    Hannah Mary Marques dos Santos

    Hayssa Silva de Faria

    Isabel Dos Santos

    Jessica Maria da Silva de Souza

    Kauana Leonardo Garcia

    Laila Rayssa Notaro dos Santos

    Laíssa de Matos Rocha Malta Lima

    Lana Larrá Baia Amorim

    Marcele Maria de Oliveira

    Maycon Costa Lima

    Michelle de Aguilar Oliveira/ Mi Preta

    Mirella Pires dos Anjos Machado

    Natt Maat

    Nerice Rachell Esteves da Silva Cariica

    Nicolly Primo Vieira

    Nilza lima

    Palloma Ágatha Evangelista de Souza

    Patricia Iasmim Chaves Travassos

    Sabrina Silva Vieira

    Uiara Almeida

    Vitória Genuino de Morais Silva

  • Como vai ser este módulo da Escola Marielle?

    Serão realizados 5 encontros, que somarão 15 horas. Para completar este módulo, será necessário ter participação de 75% das aulas.

    As aulas serão online, uma vez por semana, sempre às quintas-feiras, do dia 15 setembro ao 13 de outubro, das 19h às 21h, horário de Brasília.

    As aulas serão facilitadas por mulheres negras intelectuais e lideranças políticas, de movimentos e da sociedade civil.

    Este primeiro módulo é voltado para jovens negras periféricas, de 17 a 29 anos.

  • Qual será o conteúdo das aulas?

    Confira o tema das aulas que ocorrerão às quintas-feras:

    1

    História do movimento de mulheres negras

    2

    Liderança e ativismo de mulheres negras

    3

    Planejamento e tomada de decisões

    4

    Violência política, cuidado e segurança

    5

    Aula de encerramento: Conjuntura sobre a crise democrática

  • Não vai participar deste módulo mas quer receber em primeira mão notícias sobre outras atividades da Escola Marielle?

    Deixe seu contato abaixo que a gente te avisa!

    Nome *
    Sobrenome
    Email *
    Telefone
  • O Instituto Marielle Franco e uma organização sem fins lucrativos, fundado pela família de Marielle como uma resposta ao brutal assassinato da vereadora em 2018.

     

    Os pilares do Instituto são: lutar por justiça, defender a memória, multiplicar o legado e regar as sementes da Mari.

     

    Somos uma organização independente e precisamos

    de doações de pessoas como você para seguir em frente.

     

    Apoie doando o quanto você puder:

    apoie.institutomariellefranco.org